Imagem

Viu Manent – a vinícola mais completa do Valle Colchagua

Para os amantes do vinho, o Chile é um verdadeiro parque de diversão. De ponta a ponta, o que não faltam são vinícolas interessantíssimas, cheias de história, presença e sabores.

Particularmente, as vinícolas mais familiares e artesanais costumam ser as que mais me encantam. Por serem menores e menos movimentadas, tenho a impressão de que a experiência é mais humana e intimista. As coisas acontecem de forma tranquila e sem pressa, como devem ser.

Mas, não posso deixar de reconhecer que, de todos os vinhedos que visitamos no Chile, a estrutura da Viu Manent foi a que mais nos impressionou, justamente por ser a maior e mais completa.

IMG_7564É uma vinícola grande e, apesar de ser bem menos comercial do que a Concha Y Toro, por exemplo, ainda é voltada para o turismo, mas de uma maneira bem positiva. Ela é perfeita, seja para casais, viajantes solo ou famílias, pois sua estrutura permite as mais variadas experiências dentro de um mesmo local.

Além dos tradicionais tours com degustações, lá você encontra loja de artesanatos locais, uma acolhedora cafeteria (La Llaveria), doces chilenos deliciosos, espaço para a criançada brincar, aulas de equitação, passeios a cavalo, de balão e muito mais. Tudo isso apreciando uma vista espetacular dos vinhedos do Valle Colchagua.

IMG_7572

IMG_7553Durante um almoço no Rayuela Wine & Grill, você desfruta de um ambiente aconchegante e uma gastronomia a altura de toda a beleza dessa vinícola, regada a vinhos de ótima qualidade. O restaurante, que fica dentro da Viu Manent, é especializado em carnes grelhadas, mas todos os pratos que provamos estavam saborosíssimos (E sim, comemos um zoião no Chile…rs). É simplesmente imperdível. Nós fomos até lá por causa dele e só, então, tivemos a boa surpresa de descobrir a Viu Manent!

Vinícola bacana no Chile é o que não falta. Você só precisa descobrir o estilo que mais te agrada e embarcar nas degustações e passeios com o coração, corpo e alma e, claro, sem a menor pressa….

Viu Manent

http://www.viumanent.cl/en/

Carretera del Vino – Km 37

Valle de Colchagua – Chile

*para reservas: (56) 2 8403181 ou (56) 72 858751

❤ Quer saber mais sobre o Chile, divirta-se com os posts dos links abaixo:

Mercado gourmet-restaurante em Santiago

2 Vinícolas imperdíveis no Valle Colchagua

Valle Nevado. Vale?

Por que se hospedar em Las Condes?

Terraviña, um hotel especial no Valle Colchagua

A vinícola mais linda que já vi

Embalse el Yeso, deslumbrante.

 

 

 

Anúncios
Imagem

Alta gastronomia em Provence

Tem coisa melhor do que encontrar, quando menos se espera, um lugar incrível para almoçar durante uma viagem? Não. Principalmente, para quem, assim como eu, costuma ficar mal humorada quando tem fome!

Estávamos há horas na estrada, indo de Borgonha para Provence, na França. Nosso destino final era a cidade de Joucas, que fica em Luberon, um lugar imperdível para quem visita a região.

Eis que, de repente, no meio da estrada, passamos por um lugar que me chamou a atenção. Era o restaurante Lou Caleù, que fica em Saint-Martin-de-Castillon. Tinha um charme bucólico, bem peculiar e provençal. Simples e rústico, mas completamente encantador.

IMG_7646Entramos, escolhemos uma mesa na área externa, ao lado de belas lavandas e pedimos o cardápio. Só que não tinha. Todos os pratos do menu estavam escritos em pequenas lousas, que a dona deixava na porta do restaurante.  Tudo escrito em francês. Que “marravilha”!

Fizemos nosso pedido sem saber exatamente o que iríamos comer. Definitivamente, isso não foi um problema. Os pratos eram de alta gastronomia e realmente nos surpreenderam. Deu pra notar que o chef buscava valorizar ingredientes locais e preparou combinações com extremo sabor e excelência.

IMG_7642De entrada uma saladinha de folhas com romã e uma massa filo recheada com queijo de cabra. O prato principal foi um magret de pato com molho de laranja e especiarias, que comi pela primeira vez e fiquei apaixonada pelo sabor! E de sobremesa….bom, dizem por aí que uma imagem vale mais que mil palavras….

IMG_7653

O Lou Caleù, além de um ótimo restaurante, é também um hotel. Não chegamos a conhecer a estrutura, mas, tomando por base o que experimentamos, em todos os níveis sensoriais da palavra, imagino que seja igualmente interessante.

Que coisa boa foi encontrar, mais esse encanto em Provence, que, aliás, está repleta deles por todos os cantos. Com certeza, foi uma surpresa deliciosa (em todos os sentidos)!

Lou Caleù ❤

http://www.loucaleu.com/

84750 Saint-Martin-de-Castillon

Imagem

Mestiço – o restaurante da diversidade

Acho que faz mais de 15 anos que frequento o Mestiço, que fica numa travessa da Consolação, em São Paulo. Sou fã dos restaurantes que, mesmo ao longo dos anos, conseguem manter sua qualidade inalterada. E o Mestiço é um deles, na minha opinião.

Com uma pegada contemporânea e descolada, ele é mestiço não só no nome. Mestiço nos sabores, na fusão das gastronomias tailandesa e baiana, na mistura de gente, de idade, de estilo. Ele é um convite à diversidade em todos os sentidos.

IMG_0327Comece pedindo a famosa porção de krathong-thong: cestinhas tailandesas de massa crocante, recheadas de milho, frango e especiarias. Pensa num sabor que invade seu paladar aos poucos, com sutileza, perfume e te deixa completamente arrebatado no final. É isso. Provem e repitam. É maravilhoso!

Meus preferidos são os pratos com robalo (Ko Phai, Maui e Ipanema) apesar de não resistir ao Hua Hin, um frango com shitake, molho de gengibre e arroz de jasmim. De comer rezando! Poxa, também não posso deixar de fora o Casablanca, um delicioso lombo de cordeiro marinado. Enfim, as opções são muitas e bastante tentadoras, principalmente para quem é fã de tempero, especiarias e sabores marcantes!

Você pode achar o Brownie de Chocolate uma sobremesa trivial e simples, mas não o subestime. Ele tem a melhor calda de chocolate que já comi na vida! Eu já provei outras sobremesas de lá, mas sempre dando aquela colherada na do vizinho, pois não abro mão desse brownie de forma alguma. Aliás, eu fiquei tão feliz quando ele chegou à mesa, que esqueci de tirar a foto….rs

Se tiver oportunidade, bata um papo com a Chef baiana Ina de Abreu, que também é uma das donas do Mestiço e está sempre por lá, distribuindo seu sorriso e simpatia pelo ambiente.

IMG_0334Meu caso com o Mestiço é antigo e espero que dure por muitos e muitos anos. Afinal, comida saborosa, bem preparada, ambiente agradável, descontraído e atendimento cortês são ingredientes que fazem uma receita impecável dar certo!

Beijo pra vcs ❤

Mestiço

http://www.mestico.com.br/

Rua Fernando de Albuquerque, 277

 

 

Imagem

Mercado gourmet-restaurante em Santiago

Hoje vou compartilhar com vocês uma ótima opção gastronômica para quem visitar a capital chilena: o Coquinaria, amor pelo sabor.

img_7121Localizado no bairro de Las Condes, além de restaurante, é também um mercado gourmet, onde você encontra inúmeras opções de chás, especiarias, massas frescas, vinhos, pães, queijos, antepastos, chocolates e outras gostosuras. O ambiente é descontraído e agradável. Os pratos são muito bem feitos e apresentados e as opções de vinhos são extensas. Sem dúvida, é um lugar para ir sem pressa e em boa companhia.

Caso queira apenas beliscar, você pode escolher seus queijos e frios no empório e pedir que preparem uma tábua personalizada. Eles cobram o valor do produto mais uma taxa de serviço. Provamos queijos que eu nunca nem tinha ouvido falar, como o Manchego e o Tres Leches, acompanhado por uma garrafa do tinto Caballo Loco. Também experimentamos o queijo mais fedido da história, do qual não me lembro o nome, mas era delicioso. Deixa um bafo do cacete, isso não dá para negar, mas vale à pena!

Minhas sugestões:

Tabla italiana (entrada) – burrata, presunto cru e molho pesto

Tabla empório (entrada) – seleção de salames, presuntos e queijos

Atún en Costra de Pistachos – atum selado em crosta de pistache com castanhas e broto de feijão (maravilhoso!)

Solomillo de cerdo em três salsas – filé suíno com três tipos mostarda e ragu de tomate

Degustacion de postres del chef & churros – sobremesas variadas

Se quiser economizar um pouco, vá no horário do almoço e peça o menu executivo. Existem 3 tipos, que variam de CLP 8.500 à CLP 15.400 (algo entre R$ 40 e R$ 70).

 O melhor de tudo é que você pode comprar todos os ingredientes que fizeram parte do seu prato no empório gourmet. Nós trouxemos queijos, mostardas e outras delícias para o Brasil. A-D-O-R-O!

Se você for amante de vinhos, aproveite para conhecer a loja El Mundo del Vino, que fica ao lado do Coquinaria. Nós fomos atendidos pelo Marcelo que, com muita simpatia e disposição, nos deu uma verdadeira aula sobre vinhos chilenos. Saímos de lá com umas dez garradas, isso porque ainda íamos passar uns dias nas vinícolas do Valle Colchagua…

Coquinaria

http://www.coquinaria.cl

Isidora Goyenechea 3000 – Las Condes  

El Mundo del Vino

http://www.elmundodelvino.cl

 

Quer saber mais sobre o Chile, veja os posts abaixo:

Por que se hospedar em Las Condes?

2 Vinícolas imperdíveis no Valle Colchagua

Valle Nevado. Vale?

Terraviña, um hotel especial no Valle Colchagua
Embalse el Yeso, deslumbrante.


 

 

 

 

 

Imagem

Insalata, uma relação afetivo-gastronômica

Que eu amo viajar todos já sabem. Talvez ainda não saibam que eu também amo gastronomia. Não no sentido da execução, mas no da degustação. Gosto de comer bem e sinto um prazer indescritível com isso.

Aprecio um prato bem apresentado, com um layout interessante, que comunique algo, que chame a minha atenção. Adoro sentir o aroma dos temperos, que sobe devagarinho quando o prato está bem quente. Gosto de comer sem pressa, para sentir o sabor de cada ingrediente. Costumo criar uma relação quase que afetiva com o que estou comendo.

Pensando nesse contexto, hoje resolvi falar do Insalata, restaurante que frequento há quase 20 anos e com o qual estabeleci minha relação afetivo-gastronômica mais duradoura.

img_7930O restaurante era uma casinha despretensiosa que servia pratos deliciosos. Ao longo dos anos, o Insalata foi crescendo, se expandindo. A casinha virou uma casona, mas ele nunca perdeu sua essência, seu sabor e sua qualidade. Só foi ganhando mais charme e simpatia. Isso é para poucos!

Especialistas em criar saladas fantásticas e coloridas, eles também têm grelhados, massas, risotos, sanduiches, quiches e sobremesas de comer rezando. Pratos bonitos de se ver e mais ainda de comer. Toda semana tem opções novas no cardápio, uma mais saborosa que a outra. O ambiente é super gostoso, moderno e descontraído e o atendimento é nota 10. Um convite para que você queira voltar sempre.

Acho que já provei de tudo lá, mas vou compartilhar os meus top 5: bruschetta de brie, presunto cru e mel; salada caprina; risoto de alho poró; salada mantova e risoto de funghi. Podem pedir sem titubear.

Uma vez, comi um atum selado com crosta de gergelim e risoto de maracujá D-I-V-I-N-O. Foi um dos melhores pratos que já provei. Pena que não dei sorte de encontra-lo novamente no cardápio da semana. Aliás, se alguém do Insalata vir este post, gostaria de deixar como sugestão colocar esse prato no cardápio fixo. Sem dúvida, ele merece o destaque.

Toda vez que vou lá penso: não posso esquecer de fotografar os pratos para postar no blog. Acho que sempre vou com tanta sede ao pote, que só lembro da fotografia quando já comi tudinho. Dessa última vez, ao menos lembrei de tirar uma foto da minha sobremesa preferida, a torta mole de chocolate (dos deuses).

img_7925

Quase 20 anos se passaram. Conversas, gargalhadas, comemorações, notícias dadas em primeira mão, aniversários, convites, amizades, comilanças e muitos drinks. Tudo isso foi vivido e compartilhado ali. O Insalata fez parte da minha história e, após todos esses anos, continua sendo o meu restaurante favorito em São Paulo.

Insalata

Alameda Campinas, 1478 – Jardins

http://www.insalata.com.br/

Dica: chegue cedo ou aproveite a (longa) espera para provar as entradinhas, enquanto toma um Aperol Spritz.

Imagem

2 restaurantes imperdíveis na Cidade do Cabo

O Old Biscuit Mill é um complexo cultural e gastronômico que fica na área de uma antiga fábrica de biscoitos (hoje desativada) no bairro de Woodstock, a 15 minutos de carro de Green Point, Cidade do Cabo, África do Sul.

Lá você pode encontrar sofisticadas lojas de artesanato, design, artistas de rua, food trucks com gastronomia variada e renomados restaurantes. Para aproveitar tudo isso, recomendo que faça o passeio durante o dia. Nós fomos à noite e as lojas estavam fechadas. Se quiser jantar nos mais badalados, fique esperto e faça a reserva com bastante antecedência, pois alguns chegam a ter MESES de espera, como foi o caso dos famosos The Test Kitchen e o Potluck Club. Bem que tentamos!

FullSizeRender[1]Eu já tinha lido boas críticas do Burrata e, como ele era o único com disponibilidade de reserva, unimos o útil ao agradável. O restaurante é especializado em comida italiana, o ambiente é bonito, moderno e tem um preço muito bom. De entrada fomos de burrata, em homenagem ao local. Deliciosa, mas bem que podiam incluir uns pãezinhos extras na porção. Pedimos pizza, feita no forno à lenha, tamanho individual, mas muito bem servida. Eu fui de prosciutto e arugula, presunto cru e rúcula com mozzarella e parmesão (divina) e o Mau pediu uma tradicional margherita. Tomamos uma garrafa do pinotage local Bot River Beaumont e, infelizmente, não sobrou espaço para a sobremesa. Gastamos em torno de 40 dólares e achei bem em conta, considerando a fartura, a qualidade e o sabor dos pratos.

FullSizeRenderOutro restaurante incrível que adoramos, indicação de uma amiga, foi o Societi Bistro. Se estiver um clima agradável, você pode sentar nas mesinhas do jardim ao ar livre. Se estiver frio, sente no ambiente interno, que é muito charmoso e aconchegante, com uma decoração sofisticada e acolhedora, bem carinha de bistrô mesmo. O restaurante traz um outro conceito à gastronomia, uma vez que criam os animais de forma livre, utilizam produtos orgânicos e uma série de cuidados com os alimentos. O atendimento é nota mil, os garçons são jovens e super descolados, conhecem cada ingrediente e sabem como harmonizá-los com bons vinhos. Eu me lembro que estávamos loucos por uma carninha sangrando e pedimos fillet au poivre e sirloin com cogumelos portobello. Para acompanhar, uma garrafa de cabernet sauvignon Holden Manz, produzido em Franschhoek (uma cidade linda, que terá um post exclusivo aqui) e de sobremesa comemos uma torta de chocolate dos deuses! Minha nossa senhora, deu água na boca só de escrever. Na dúvida, aceite as sugestões dos atenciosos garçons e não vai errar. Nós gostamos tanto que voltamos lá na noite seguinte Mais do que recomendado, super aprovado!

IMG_6359

Não é uma graça?

 

Burrata

The Old Biscuit Mill

375 Albert Road, Woodstock, Cape Town, South Africa

http://burrata.co.za/

Societi Bistro

50 Orange Street, Gardens, Cape Town, South Africa

http://societi.co.za/

obs.: as fotos deste post foram retiradas do próprio site dos restaurantes, já que esqueci de levar a câmera nos jantares e a qualidade das fotos do celular à meia luz deixou muito a desejar. Sorry 😦

Bjs e até semana que vem!