Imagem

Mestiço – o restaurante da diversidade

Acho que faz mais de 15 anos que frequento o Mestiço, que fica numa travessa da Consolação, em São Paulo. Sou fã dos restaurantes que, mesmo ao longo dos anos, conseguem manter sua qualidade inalterada. E o Mestiço é um deles, na minha opinião.

Com uma pegada contemporânea e descolada, ele é mestiço não só no nome. Mestiço nos sabores, na fusão das gastronomias tailandesa e baiana, na mistura de gente, de idade, de estilo. Ele é um convite à diversidade em todos os sentidos.

IMG_0327Comece pedindo a famosa porção de krathong-thong: cestinhas tailandesas de massa crocante, recheadas de milho, frango e especiarias. Pensa num sabor que invade seu paladar aos poucos, com sutileza, perfume e te deixa completamente arrebatado no final. É isso. Provem e repitam. É maravilhoso!

Meus preferidos são os pratos com robalo (Ko Phai, Maui e Ipanema) apesar de não resistir ao Hua Hin, um frango com shitake, molho de gengibre e arroz de jasmim. De comer rezando! Poxa, também não posso deixar de fora o Casablanca, um delicioso lombo de cordeiro marinado. Enfim, as opções são muitas e bastante tentadoras, principalmente para quem é fã de tempero, especiarias e sabores marcantes!

Você pode achar o Brownie de Chocolate uma sobremesa trivial e simples, mas não o subestime. Ele tem a melhor calda de chocolate que já comi na vida! Eu já provei outras sobremesas de lá, mas sempre dando aquela colherada na do vizinho, pois não abro mão desse brownie de forma alguma. Aliás, eu fiquei tão feliz quando ele chegou à mesa, que esqueci de tirar a foto….rs

Se tiver oportunidade, bata um papo com a Chef baiana Ina de Abreu, que também é uma das donas do Mestiço e está sempre por lá, distribuindo seu sorriso e simpatia pelo ambiente.

IMG_0334Meu caso com o Mestiço é antigo e espero que dure por muitos e muitos anos. Afinal, comida saborosa, bem preparada, ambiente agradável, descontraído e atendimento cortês são ingredientes que fazem uma receita impecável dar certo!

Beijo pra vcs ❤

Mestiço

http://www.mestico.com.br/

Rua Fernando de Albuquerque, 277

 

 

Anúncios
Imagem

Insalata, uma relação afetivo-gastronômica

Que eu amo viajar todos já sabem. Talvez ainda não saibam que eu também amo gastronomia. Não no sentido da execução, mas no da degustação. Gosto de comer bem e sinto um prazer indescritível com isso.

Aprecio um prato bem apresentado, com um layout interessante, que comunique algo, que chame a minha atenção. Adoro sentir o aroma dos temperos, que sobe devagarinho quando o prato está bem quente. Gosto de comer sem pressa, para sentir o sabor de cada ingrediente. Costumo criar uma relação quase que afetiva com o que estou comendo.

Pensando nesse contexto, hoje resolvi falar do Insalata, restaurante que frequento há quase 20 anos e com o qual estabeleci minha relação afetivo-gastronômica mais duradoura.

img_7930O restaurante era uma casinha despretensiosa que servia pratos deliciosos. Ao longo dos anos, o Insalata foi crescendo, se expandindo. A casinha virou uma casona, mas ele nunca perdeu sua essência, seu sabor e sua qualidade. Só foi ganhando mais charme e simpatia. Isso é para poucos!

Especialistas em criar saladas fantásticas e coloridas, eles também têm grelhados, massas, risotos, sanduiches, quiches e sobremesas de comer rezando. Pratos bonitos de se ver e mais ainda de comer. Toda semana tem opções novas no cardápio, uma mais saborosa que a outra. O ambiente é super gostoso, moderno e descontraído e o atendimento é nota 10. Um convite para que você queira voltar sempre.

Acho que já provei de tudo lá, mas vou compartilhar os meus top 5: bruschetta de brie, presunto cru e mel; salada caprina; risoto de alho poró; salada mantova e risoto de funghi. Podem pedir sem titubear.

Uma vez, comi um atum selado com crosta de gergelim e risoto de maracujá D-I-V-I-N-O. Foi um dos melhores pratos que já provei. Pena que não dei sorte de encontra-lo novamente no cardápio da semana. Aliás, se alguém do Insalata vir este post, gostaria de deixar como sugestão colocar esse prato no cardápio fixo. Sem dúvida, ele merece o destaque.

Toda vez que vou lá penso: não posso esquecer de fotografar os pratos para postar no blog. Acho que sempre vou com tanta sede ao pote, que só lembro da fotografia quando já comi tudinho. Dessa última vez, ao menos lembrei de tirar uma foto da minha sobremesa preferida, a torta mole de chocolate (dos deuses).

img_7925

Quase 20 anos se passaram. Conversas, gargalhadas, comemorações, notícias dadas em primeira mão, aniversários, convites, amizades, comilanças e muitos drinks. Tudo isso foi vivido e compartilhado ali. O Insalata fez parte da minha história e, após todos esses anos, continua sendo o meu restaurante favorito em São Paulo.

Insalata

Alameda Campinas, 1478 – Jardins

http://www.insalata.com.br/

Dica: chegue cedo ou aproveite a (longa) espera para provar as entradinhas, enquanto toma um Aperol Spritz.