Imagem

Diga sim a Tóquio!

tokyoNome: Caio Barbosa Kaku

 Ocupação: Estudante do último ano de Medicina

Quem é você?

Um jovem de 23 anos, extremamente curioso e eclético em tudo. É o primeiro a agitar um festival de música eletrônica, mas também nunca perde a chance de tocar um bom samba. Gosta igualmente de jogar conversa fora, bebendo uma cerveja no boteco da esquina, ou de ver um filme com amigos em casa, tomando um vinho bacana.

“Para mim, com boas companhias, tudo vale à pena. Quem escolhe se restringir, está jogando a vida fora” – diz ele. 

Qual o lugar mais incrível que você já visitou? 

De longe, Tóquio, Japão.

 O que despertou seu interesse para fazer essa viagem?

img_9445

Caio no aparelho de cirurgia robótica para treinamento – Hospital Keio University

O Japão sempre foi um lugar que eu quis conhecer mas, pela distância e pelo idioma, essa viagem parecia um sonho distante, impossível. Há dois anos, fui convidado para participar de um estágio em um hospital de Tóquio e, a partir do convite, fiz de tudo para agarrar essa oportunidade.

 

Conte um pouco do seu dia a dia. O que mais gostou/te impressionou?  

Por conta do estágio, minha viagem não foi aquela típica de turismo, mas isso me permitiu entrar de cabeça na rotina do Japão e conhecer muitos japoneses. Nisso, duas coisas já chamaram muito a atenção: a organização de Tóquio e como os japoneses fazem questão de receber bem um convidado.

japoneses

Na grelha: intestino de porco!

Minha principal dica para quem vai conhecer a cidade: venha preparado para não ficar parado, para se jogar no desconhecido. Por ser organizada e extremamente segura, Tóquio é uma cidade que permite e, até mesmo, exige isso, pois suas melhores surpresas nem sempre estão à vista. Muitas vezes, os melhores restaurantes, as experiências únicas, estão no quarto andar de um prédio, cuja fachada não sugere nada, ou na última estação da linha do trem. E, repito: apesar de sentir uma certa distância, não encontrei um japonês que não tenha sido educado e receptivo.

 

Tem alguma recomendação ou dica para os nossos leitores? Um restaurante, uma vista, uma experiência imperdível?

Aqui me dá vontade de escrever sem parar, mas vou tentar resumir o melhor mês da minha vida em algumas dicas:

  1. Fiquem espertos quanto ao visto japonês. Existem diferentes categorias, e todas tem um prazo de validade rígido.
  2. Mesmo em Tóquio, capital do Japão, NÃO é comum encontrar alguém que fale inglês. Mesmo se encontrar, os japoneses são extremamente reservados e não existe muita abertura para conversa. Ressalto novamente, Tóquio será um mergulho no desconhecido!
  3. Para quem não tem tantos pudores, não deixem de conhecer alguma das casas de banho com águas termais japonesas. Para se banhar, há uma separação entre os sexos (casais, vocês serão separados!), e é obrigatório entrar totalmente pelado.
  4. Se forem na temporada, não percam uma luta de sumô. É fácil de entender e dá pra se divertir muito vendo tanto o esporte, como a torcida.sumo
  5. Para quem curte uma balada, a que eu mais gostei foi a Womb. Lembra bastante a D-Edge, em São Paulo, com vários andares e muitos estrangeiros.
  6. Se for para escolher apenas um templo, vão no Sensoji, que fica em Asakusa. É o mais antigo e o mais bonito dos que eu vi e o mercado que tem em frente ao templo é incrível!templo-sensoji-asakusa

Se pudesse descrever em poucas palavras a sensação de estar ali, o que diria?            Tóquio é a convivência da forma mais harmoniosa entre o tradicional e o moderno. É a sensação de liberdade para explorar inúmeras oportunidades, numa cidade confinada. É se sentir seguro no meio do caos de uma metrópole. É o melhor mergulho no desconhecido.

 

JOGO RÁPIDO por Caio Kaku

kare-udonComida mais deliciosa: Kare Udon (sugiro MUITO o do restaurante Senkichi), uma sopa de curry japonês, muito bem temperada e apimentada na medida certa para quem, como eu, não é muito chegado em comida picante.

Uma bebida para acompanhar: Umeshu, um licor de ameixa típico do Japão

Paisagem mais encantadora: Monte Fuji. Vale gastar um dia inteiro indo ao Lago Kawaguchi só para vê-lo.

monte-fuji

Para quantos países você já foi? Com o Brasil, 10 países

Próximo destino:  Nada programado ainda, vou onde aparecer a oportunidade! Mas, se depender de mim, Turquia ou algum lugar da África.

Anúncios
Imagem

10 lugares para conhecer antes de partir

Nessas férias assisti novamente Antes de Partir (The Bucket List), estrelado pelos brilhantes Morgan Freeman e Jack Nickolson, que por si só já fariam desse filme um grande sucesso. O melhor é que, além de uma atuação impecável, ele traz também uma boa história.

Cinéfila confessa, não me lembro quantas vezes já assisti, gargalhei e me emocionei com a trama. Seus personagens, completamente antagônicos, se encontram num quarto de hospital como pacientes terminais e, com o tempo, criam empatia um pelo outro e iniciam uma amizade. Um deles, simples, simpático e sábio e o outro, presunçoso, arrogante e milionário. Juntos, eles decidem fazer uma lista de coisas que precisam fazer antes de morrer e fogem do hospital para aproveitar o tantinho de vida que lhes resta, realizando seus últimos desejos. Nessa aventura, acabam enxergando o que realmente tem valor nessa vida: a família, o amor e a felicidade.

Associando o filme a minha outra paixão, que é viajar e desbravar o mundo, fiquei pensando em quais lugares eu gostaria de ir antes de partir, do que eu gostaria de ver, sentir e experimentar. Experiências e paisagens de tirar o fôlego, lavar a alma e me fazer agradecer ainda mais pela vida. Lugares cheios de história, de encantos. Lugares que me trouxessem um significado especial.

Segue minha lista com os Top 10 (em ordem aleatória, e não de prioridade).

  1. Presenciar o fenômeno da Aurora Boreal (Top 5)
  2. Andar de balão na Turquia (clique aqui para ver uma entrevista inspiradora)
  3. Conhecer a Grande Muralha da China e os Guerreiros de Xian
  4. Fazer a Costa do Adriático de carro, passando pela Croácia, Eslovênia, Bósnia Montenegro e Riviera Albanesa. Esta viagem já estamos planejando há um tempo, só falta o câmbio dar aquela mãozinha! (Top 5)
  5. Ver de perto o Monte Fuji, conhecer Kyoto e outras cidades do interior do Japão. Tenho verdadeira paixão, respeito e admiração pela tradicional cultura japonesa e a certeza de que seria uma viagem inesquecível. (Top5)
  6. Passear pelas ruas charmosas de Amsterdã, na Holanda
  7. Desbravar Portugal de ponta a ponta
  8. Passear de camelo no Marrocos (Top 5)
  9. Escócia, Irlanda e Inglaterra
  10. Imersão na cultura asiática: Tailândia, Vietnã, Myanmar, Camboja, Laos (Top 5).

obs.: como nunca estive em nenhum desses lugares, selecionei algumas fotos públicas e lindas que encontrei em ferramentas de busca e peço licença aos fotógrafos para compartilhá-las com os leitores!

Foi muito gostoso escrever esse post e, ao mesmo tempo, bem difícil. Deu vontade de repetir alguns lugares que conheço e gostaria de voltar. Deu dor no coração de cortar alguns outros que eu tinha colocado na lista….

É, gente, escolher os Top 10 entre tantos lugares incríveis nesse mundão afora não é mole não!

E você, quais lugares colocaria na sua lista de desejos para conhecer antes de partir?