Imagem

Um delicioso restaurante armênio escondido em SP

Sob o comando do apaixonado e simpático chef libanês Stephan Kawijian, o restaurante armênio Sainte Marie, em São Paulo, foi uma das melhores descobertas gastronômicas dos últimos tempos.

Não se deixe enganar pela faixada simples e pouco chamativa. O Sainte Marie Gastronomie fica escondido numa rua residencial da Vila Sônia, não tem placa, não faz propagandas, mas definitivamente nos mostra porque a longa fila de espera e qualquer distância valem a pena. Uma gastronomia que tem tradição e muita personalidade nos transporta para as arábias, através de muito sabor e amor.

Como os pratos são muito bem servidos, aconselho uma visita em turma, assim é possível provar mais sabores e variar bem o cardápio ;o)

WhatsApp Image 2018-12-03 at 14.25.19Começamos com o básico mezze de homus, coalhada seca e babaganouch. Impossível errar. Além das esfihas tradicionais, assadas em forno a lenha e com massa bem levinha, você também encontra recheios inusitados como polvo, lula, cordeiro, bacalhau e alcachofra. Provamos e aprovamos a de carne (super molhadinha e bem temperada) e a de verdura, que vem com couve, espinafre e escarola. Divinas!

WhatsApp Image 2018-12-03 at 14.25.18

Não deixem de experimentar o famoso kibe montado: camadas alternadas de kibe cru, kibe assado, tabule sem trigo e coalhada recebem em seu topo uma generosa porção de cebola caramelizada e crocante. O prato, que serve muito bem quatro pessoas, é uma verdadeira obra-prima, para se comer tanto com a boca, como com os olhos.

Pedimos também meia porção de charutinho de folha de uva e um cuscuz de frutos do mar, ambos maravilhosos. Quase não havia espaço para a sobremesa, mas foi impossível recusar a mousse de chocolate oferecida pelo chef Stephan!

Ah, já ia me esquecendo de dizer que o cardápio conta, por meio de um dialeto próprio, um pouco da história do restaurante e dos ingredientes que, com muito amor, foram incorporados nas receitas que tanto nos impressionaram. Não hesite em chamar o chef para explicar cada uma de suas invenções. Uma das palavras muito usadas por ele é “mercizão” (um misto de português e francês), que significa gratidão ou obrigado.

Depois de sair de lá plenamente satisfeita e muito feliz, tudo que tenho a dizer é: Mercizão do fundo do coração pela experiência gastronômica ímpar. Com certeza voltaremos muitas e muitas vezes!

Sainte Marie Gastronomie ❤

Rua Dom João Batista Costa, 70

https://www.facebook.com/Mercizao

 

*Para mais dicas de restaurantes em São Paulo, clique nos links abaixo:

Insalata, uma relação afetivo-gastronômica

Meu japa preferido em Sampa!

Mestiço – o restaurante da diversidade

Saj – Delícia das Arábias

Anúncios
Imagem

Para fugir da folia: Templo Zu Lai

Vai ficar em São Paulo no Carnaval? Que tal fugir da folia dos bloquinhos e conhecer um templo budista?

Uma boa opção em São Paulo é fazer um passeio pelo Templo Zu Lai, que fica a poucos quilômetros da capital, no município de Cotia.

O templo é um verdadeiro refúgio para quem está cansado do caos das grandes cidades, do trânsito, do barulho, da “muvuca”, da tensão do trabalho, das pressões do dia a dia e do turbilhão de pensamentos, que parecem nunca nos deixar a sós.

zu-lai-6Chegando lá, você já é recepcionado por esse “Budão” simpático e sorridente. Não tem como não retribuir o sorriso. O ambiente, em meio à natureza, e o silêncio nos trazem imediatamente uma paz quase que divina. São poucos os lugares que nos permitem sentir, mesmo que por alguns minutos, tamanha sensação de serenidade.

O lugar é lindo e tem uma energia boa demais. Você pode fazer uma visita guiada ou simplesmente caminhar pelo templo e descobrir as belezas e riquezas de sua história por conta própria.

DCIM100GOPROG0031170.

Um dos objetivos da filosofia budista é purificar mentes e corações. E esse trabalho é feito por meio de ensinamentos e pensamentos, que se baseiam em 4 pilares: ações sociais, educacionais, culturais e práticas religiosas. Para isso, há salas de meditação, espaços onde são realizadas as cerimônias e onde todos esses ensinamentos são postos em prática pelos monges e seus discípulos.

Há um museu, que conta um pouco da história do templo e da cultura budista e uma lojinha, com uma vasta literatura sobre o tema e muitas opções de presentes, que costumam trazer proteção e boa sorte. Também há atividades pagas, como cursos de meditação, artes marciais, língua e culinária chinesas.

Para os que estão à procura de uma experiência mais imersiva e intensa, é possível fazer um retiro nesse feriado (de 25 a 28/fevereiro) com direito a aulas, meditações e participação em cerimônias. As inscrições podem ser feitas pelo site.

IMPORTANTE: antes de ir, leia com atenção as regras da etiqueta budista no site, e lembre-se de respeitar esse local sagrado!

Bjs e bom feriado a todos! 🙂

Templo Zu Lai

http://www.templozulai.org.br/

zulai@templozulai.org.br

tel. 11 3500-3600

Para ver outras opções em São Paulo, veja os links abaixo:

Os encantos da Vila

Insalata, uma relação afetivo-gastronômica

 

 

 

 

Imagem

Os encantos da Vila

Às vezes os programas mais simples podem ser exatamente os que vão fazer diferença no seu dia.

Vivemos numa cidade maluca, cheia de trânsito e correria, onde tudo acontece na velocidade da luz. Nosso ritmo também é acelerado. Fazemos muitas coisas ao mesmo tempo e, por diversas vezes, em modo automático. Temos vários compromissos e eventos marcados para os finais de semana, nem vemos o tempo passar.

De repente, nos deparamos com um sábado livre, todinho só para gente. De forma totalmente despretensiosa, decidimos fazer um programa bem simples: ir à feira da Vila Madalena, um dos meus bairros preferidos de Sampa.

Ela acontece no burburinho da Vila, entre a Aspicuelta e a Mourato Coelho. Chegamos lá por volta do meio dia, quando os preços já começam a ficar negociáveis, mas antes da xepa. Eu estava toda animada, há anos não ia numa feira em SP, levei até o meu carrinho.

IMG_6446Acho que o legal da feira é comprar produtos fresquinhos, sentir o cheiro dos temperos, das ervas e especiarias, pechinchar bastante, provar tudo que te oferecem e, claro, dar risada das cantadas que, ano após ano, continuam as mesmas. Parar numa barraquinha para comer um pastel era o momento mais esperado. Afinal, dia de feira, pastel de palmito e caldo de cana em companhia bacana, é melhor que qualquer caviar.

Voltamos para casa com o carrinho cheio e o bolso, nem tanto.

IMG_6399Outro programa legal para fazer num dia de sol é passear a pé ou de bike pelo Beco do Batman, um lugar muito procurado por fotógrafos, apreciadores de arte urbana e turistas. É um conjunto de ruelas com paredes cheias de arte, grafites lindos que, de tempos em tempos, são renovados pelos artistas de rua. Vale à pena passear por ali e contemplar o visual. Cor é vida, cor é alegria. Renove suas energias!

IMG_6380E quando bater aquela fome, você estará no lugar certo. O que não faltam na Vila são opções. Se procura um boteco, que foi o nosso caso, nada como um pit stop no Salve Jorge, um dos meus preferidos, justamente pela simplicidade. Se quiser ousar, peça uma caipirinha de tangerina com hortelã e gengibre, que vem com um picolé dentro do copo. Na dúvida, peça o tradicional e geladíssimo chopp com três dedos de espuma bem cremosa e uma porção de frango empanado com corn flakes e não vai se arrepender.

Se preferir um restaurante, sugiro o Martin Fierro. Tímido e discreto por fora, ele surpreende com seu cardápio e bom atendimento. Especializado em culinária argentina, é um dever experimentar as deliciosas empanadas e o bife de chorizo, se possível, com batatas rústicas e uma taça de malbec.

Caso queira estender até à noite, um bar que gosto muito é o Armazém Piola. Tem música ao vivo, drinks inusitados e bem preparados, pizzas e petiscos saborosíssimos e de personalidade, como o pastel de costela com catupiry. O bar também tem teto retrátil, uma ótima opção quando esse frio de lascar for embora.

A verdade é que quando falamos em Vila Madalena e região, o céu é o limite para entretenimento e diversão. O que não falta nesse bairro boêmio de São Paulo é opção. Lojas, restaurantes, livrarias, bares, praças e feiras ao ar livre. Com certeza tem um pedacinho da Vila que vai te encantar também. Aproveite e divirta-se.